Açores querem mais solidariedade e o reforço das regiões na Europa

O secretário regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas dos Açores considerou hoje que a pandemia de covid-19 evidenciou que a União Europeia precisa de mais solidariedade e que deve “retomar a Europa das regiões”.

A pandemia de Covid-19 evidenciou que a União Europeia precisa de mais solidariedade e deve “retomar a Europa das regiões”, defendeu esta quinta-feira o secretário regional adjunto da presidência para as Relações Externas dos Açores.

Citado em nota de imprensa, Rui Bettencourt, que falava no final de uma reunião do Comité das Regiões, afirmou que “a pandemia tem tido um impacto social económico e sanitário, evidentemente, e em toda a Europa e em todos os Estados europeus revelou-se uma necessidade de uma maior cooperação, de uma maior solidariedade”.

O governante acredita que “outro ponto importante que foi revelado por esta pandemia, e que deve influenciar o futuro da Europa, é a necessidade de se retomar a Europa das regiões e a dimensão regional como uma dimensão de grande pertinência e de grande proximidade”.

Para Rui Bettencourt, a existência de 27 Estados solidários e de cerca de 300 regiões ativas traz “uma proximidade na governação e na solução dos problemas sanitários, económicos e sociais que esta pandemia está a ter”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *